O LIVRO DOS ESPÍRITOS E A TRANSFORMAÇÃO DO BÓSON DE HIGGS



Ao se aproximar de uma Nova Era, a da Regeneração anunciada pelos Espíritos Superiores, o planeta Terra começa a ganhar a sua maior idade e com ela, as dores e os sofrimentos tendem a diminuir e as descobertas científicas começam a ganhar espaço. Assim religião e ciência se aproximarão, e a razão científica que nascerá nos corações dos homens por certo eliminará as fantasias, as crenças cegas e os milagres. Tudo será explicado à luz dos ensinos do Cristo.
À medida que os homens de ciências vão evoluindo, Deus vai permitindo novas descobertas. O físico alemão Albert Einstein desenvolveu a Teoria da Relatividade provocando um enorme barulho. Afirmou que a ciência nos afasta de Deus, mas a ciência pura nos aproxima de Deus, e mais uma vez agora com o Bóson de Higgs, apelidado de partícula de Deus.
Allan Kardec na obra O Livro dos Espíritos (1857) - Capítulo II - 1a parte - Propriedades da Matéria, portanto há mais de 150 anos,  denominou-a de “Fluido Cósmico Universal”. Na questão 30 de OLE, Allan Kardec pergunta aos Espíritos: “A matéria é formada de um só ou de muitos elementos?” Resposta: “De um só elemento primitivo. Os corpos que considerais como corpos simples não são verdadeiros elementos, mas transformações da matéria primitiva.”
Na questão 31 - “De onde provêm as diferentes propriedades da matéria?” Resposta: “Das modificações que as moléculas elementares sofrem, ao se unirem, e em determinadas circunstâncias”.
Questão 33 - “A mesma matéria elementar é suscetível de passar por todas as modificações e adquirir todas as propriedades?” Resposta: ”Sim, e é isso que deveis entender, quando dizemos que tudo está em tudo”. Esclarecendo ainda mais, o Codificador fez o seguinte comentário: “O oxigênio, o hidrogênio, o azoto, o carbono, e todos os corpos que consideramos simples não são mais do que modificações de uma substância primitiva. Na impossibilidade em que ainda  nos achamos de remontar, a  não pelo pensamento, a essa matéria primária, esses corpos são para nós verdadeiros elementos, e podemos sem maiores consequências, considerá-los assim até nova ordem.”
Portanto a doutrina dos espíritos já tinha o conhecimento da existência desta em partícula com o nome de Fluido Cósmico Universal. Fluido, por ser totalmente etéreo e impossível de se compreender pelos nossos cinco sentidos (visão, tato, audição, olfato e paladar); cósmico porque tudo o que está no mundo é feito dele; universal porque é a mesma substância que serve de base para tudo o que existe.
Há outras evidências de transformação do Bóson de Higgs na obra “Evolução em Dois Mundos e Mecanismos da Mediunidade”, pelo Espírito André Luiz, através da psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira, que afirma: “A matéria é luz coagulada” ou ainda “A matéria é luz capturada gravitacionalmente”. Toda a matéria é uma forma condensada de energia vibratória. É resultado das “inumeráveis modificações do mesmo fluido universal. Inclusive o fluido elétrico animalizado, fluido magnético, princípio ou fluido vital.”.
Higgs vê sua teoria ser comprovada
A prova da existência do Bóson de Higgs, postulada em 1964 pelo físico inglês Peter Higgs, tem um enorme impacto na ciência, já que se trata da única partícula elementar do modelo padrão que não foi observada até agora. O mecanismo de Higgs foi proposto por vários cientistas nos meados da década de 1960 como uma forma consistente de se construir uma teoria contendo partículas com massa. Depois foi incorporado a uma teoria descrevendo as interações fracas e eletromagnéticas, o hoje chamado de Modelo Padrão. Desde então se vem buscando descobrir a partícula remanescente desse mecanismo, o Bóson de Higgs. “Quero congratular-me com todos. Fico muito feliz que tenha acontecido enquanto estou vivo”, afirmou Higgs, atualmente com 83 anos, que se emocionou ao ser convocado para falar no final da apresentação dos cientistas do CERN.
O apelido de "partícula de Deus" foi cunhado pelo físico Leon Lederman, mas é mais usado por leigos, como um modo mais fácil de explicar como funcionam as partículas subatômicas e sua importância.
"Estou estupefato com a incrível velocidade com que os resultados foram obtidos", afirmou Higgs em um comunicado divulgado pela Universidade de Edimburgo, na Escócia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A evolução espiritual nos mundos materiais e os profetas por RAMATIS

A VISÃO ESPÍRITA DA FAMÍLIA

ESPÍRITOS BARULHENTOS estudo da REVISTA ESPÍRITA de 1859