NÃO ACEITEM O “CATASTROFISMO” por PARAMAHANSA YOGANANDA


🔺
#ParamahansaYogananda

Portanto, quando você me pergunta: “Como lidar com o catastrofismo no mundo?”, eu respondo: “Não o aceite!” Ele não existe, a não ser que você permita que exista como trevas em sua percepção pessoal. Faça um esforço para mudar o centro de sua consciência. Quantas vezes pensamos em Deus por dia? Quantas vezes falamos com Ele interiormente? É tão maravilhoso viver sempre consciente de Sua presença, viver sempre pensando: “Eu Te amo, meu Deus”! É tão emocionante! “Eu Te amo e porque amo a Ti em primeiro lugar, amo toda a humanidade. Posso perdoar os que me interpretam mal porque Te amo. Só quero fazer o bem no mundo porque Te amo.” É assim que devemos viver.
Não desanime com o catastrofismo. Vai passar. São muitas as civilizações que surgiram no mundo e depois desapareceram. Já houve muitas crises como a que vemos atualmente, muito mais do que podemos saber ou lembrar, apesar de nossa alma já ter passado por muitos períodos assim durante a longa viagem pelas encarnações. Mas isso não é tudo. Mais além, no outro mundo, existe algo melhor para nós. Quanto mais distanciarmos a mente dos apegos do corpo a esta esfera, mais poderemos elevar a consciência até o reino divino.
Comecemos tratando de espiritualizar os sentidos. Veja só o bem, tente pensar só no bem. Não quer dizer que tenhamos de nos converter em otimistas ingênuos; significa que interiormente tenhamos vontade, força, devoção e fé para dizer: “Meu Deus, sou Tua. E farei tudo o que puder em meu pequeno canto do mundo para encorajar e elevar o próximo: a família, os vizinhos, a comunidade ou qualquer outra pessoa com quem eu entrar em contato. Agirei do melhor modo possível mesmo quando isso signifique um grande esforço para mim.”
Nosso guru costumava dizer: “Os verdadeiros santos são os que mesmo em meio aos próprios sofrimentos trazem ânimo e cura à vida de todos os que venham a eles.” Esta é a atitude do verdadeiro amante de Deus. Sejam quais forem as dificuldades daquela pessoa, ninguém que se aproxime dela irá embora se sentindo oprimido, desanimado ou fracassado. Todos somos filhos de Deus e cada um de nós tem o poder para vencer as dificuldades da vida. Mas precisamos acreditar nesse poder; precisamos exercê-lo. E precisamos nos esforçar sempre para estar alegres.
Paramahansaji citava: “Um santo triste é um triste santo!” Ele mesmo era muito jovial; estava sempre alegre, inclusive em meio aos tremendos obstáculos que teve de enfrentar para edificar a obra da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society. Servir a Deus não é fácil. A vida no mundo não é fácil! Mas vivamos com alegria, felicidade e com a determinação de que venceremos, de que tudo terminará bem, porque temos o apoio de Deus.
Nunca seja uma pessoa de mau humor; nunca seja do tipo de espalha pensamentos negativos. Lembre que o mundo foi criado pela lei da dualidade e que tudo tem dois lados, um positivo e um negativo – e que cada ser humano pode optar por alinhar a consciência com um lado ou outro. Ninguém gosta de estar perto de um gambá malcheiroso. É negativo e nos deprime. Por outro lado, como dizia nosso guru, todos gostam de estar perto de uma rosa, que exala doce fragrância. Seja positivo, seja uma rosa humana.
Tome a decisão de ser positivo, alegre e jovial. Eu lhe asseguro que, se você fizer isso, comprovará que as coisas boas vêm em sua direção, porque o pensamento tem o poder de atração. Se nossos pensamentos são constantemente negativos, atraímos circunstâncias negativas. Se vivemos e pensamos positivamente, atraímos resultados positivos. É simples assim: não é nada mais do que a lei da atração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A evolução espiritual nos mundos materiais e os profetas por RAMATIS

A VISÃO ESPÍRITA DA FAMÍLIA

ESPÍRITOS BARULHENTOS estudo da REVISTA ESPÍRITA de 1859